Informações Técnicas

Perguntas Frequentes

Ajuda
Posso assentar o FAST DECK?

Sim, é possível. Utilizando os mesmos processos de assentamento da linha Solarium, porém ele perde o efeito de deck, pois fica sem os vãos.

Como posso utilizar o Fast Deck?

A linha FAST DECK é estruturada com 2 vergalhões de 8 mm, o que permite ser instalada como piso elevado e vazado, para áreas internas ou externas, no mesmo conceito dos decks tradicionais de madeira. Sugere-se na instalação de piso elevado que as peças estejam apoiadas em estrutura rígida entre e os vãos com espaçamento de 50 cm.

Eu mando o projeto e as peças vêm em curva?

A Solarium já possui uma linha de Bordas e Degraus Especiais em curvas: Cunha Côncava, Cunha Convexa, Canto e Quina. Confira os ângulos disponíveis em nosso site ou em nossos representantes.

Ele trinca igual cimento queimado?

Não, bem assentado não trinca. É necessário fazer a dupla colagem conforme manual de assentamento (norma NRB 13754/1996).

Se eu comprar um complemento a cor vem diferente?

Há possibilidade, em pequenas variações. Os pigmentos utilizados pela Solarium são todos pesados rigorosamente em balança digital, entretanto, outras variáveis da matéria prima utilizada influenciam na tonalidade final do piso, uma vez que o processo de produção do produto não é industrializado, ou seja, os revestimentos Solarium são feitos peça a peça. Isto confirma a autenticidade de ser um produto 100% artesanal, sendo esta exatamente a proposta do fabricante.

As peças são armadas (ferragem)?

Não. Com exceção da linha Classic, Ralo, Ellos, Fast Deck, Legno e Permeare que recebem vergalhão de aço galvanizado em sua constituição.

As peças são antiderrapantes?

As peças da linha Classic possuem pequenos orifícios na camada superior do revestimento que funcionam como “ventosas” para a água. As linhas com texturas possibilitam um coeficiente de atrito maior (aderência), tais como as linhas Carrara, Elegance, Etno, Gres, Kouros, Rock, Sand, Sfera, Techno, Terraviva e Terraviva Compac, sendo portanto antiderrapantes. Os pisos comercializados como Classe de Atrito II (coef. maior de 0,40) são considerados antiderrapantes pelas normas brasileiras.

A peça é atérmica?

O termo “Atérmica” significa impenetrável ao calor; que não conserva nem liberta calor. Esse termo é usado no mercado de cimentícios substituindo o termo refratário. Nenhum produto do mercado é 100% atérmico. O termo refratário é atribuído a um grupo de materiais, em sua maioria cerâmicos, capazes de suportar altas temperaturas sem perder suas propriedades físico-químicas, entre elas, resistência, baixa condutividade térmica e condutividade elétrica. Desta forma o termo atérmico no mercado cimentício é utilizado como sendo um produto que suporta temperaturas mais elevadas e emite baixa condutividade térmica.

A cor desbota?

Materiais expostos aos raios ultravioletas (UV), tendem a desbotar com o tempo. A Solarium, sabedora disso, utiliza na coloração do piso pigmentos aprovados na norma americana ASTM C979, além de um rigoroso controle na cura do piso. O que muitas vezes ocorre quando observamos um tom mais claro é o processo da eflorescência – gases que são eliminados do cimento e transpiram até a superfície encobrindo o revestimento com uma nuvem acinzentada que passa a falsa impressão de desbotamento. Às vezes o produto recém chegado na obra ainda não apresenta eflorescência, logo demonstra estar à cor um pouco mais escura. A eflorescência pode ser minimizada e não abolida, pois é típica do cimento, e, portanto, de qualquer revestimento elaborado com cimento.Lembramos que a eflorescência passa ao longo do tempo.

A fábrica faz qualquer tamanho que preciso?

Não. Possuímos uma grande variedade de produtos com diferentes dimensões que atenderão suas necessidades. Em casos especiais, estuda-se a possibilidade.

É possível fazer o Solarium com espessura mais fina?

A Solarium já oferece a linha Slim com 01 cm de espessura.

As cores claras esquentam?

As cores claras absorvem menos calor. Produzido com material refratário o piso proporciona um conforto térmico único, com desempenho muito acima que pisos cerâmicos, porcelanatos ou pedras naturais. As cores consideradas claras são: BRANCO, TRAVERTINO, CINZA, MARFIM, SALMÃO e FENDI, sendo o branco a cor de maior conforto térmico e a Fendi a menor.

As cores escuras esquentam?

As cores escuras absorvem mais calor. Assim como em qualquer material, as cores escuras aquecem entre 10 a 50% a mais do que as cores claras, porém não aquecem na mesma proporção que cerâmicas ou pedras naturais. As cores consideradas escuras na nossa linha atual são: TERRACOTA, TIJOLO, FUNGHI, MUSGO, CHOCOLATE, CONCRETO, GRAPHITE, ASH, MOKA, COAL, COKE e COGNAC.

Já vem cortado? Como se fazem as curvas?

O piso não vem cortado. É necessário cortar as peças na obra conforme o projeto. A fábrica tem uma linha de diferentes de curvas para projetos especiais. E sempre que for solicitada a execução de peças especiais e o departamento de engenharia examina a viabilidade de executá-las. Consulte nossos representantes.

Dá para cortar?

Sim. Basta utilizar máquina de corte de diamante ventilado. (Makita, Bosch, etc).

Aceita pintura?

Não. Toda a tinta forma película que escamará (quebradiça) e em áreas externas esquentará o piso.

Os buraquinhos continuam abrindo com o uso?

Não. Os buracos são obtidos com pequenas pedrinhas de mármore (granilhas) colocadas propositadamente na camada superior com o objetivo de proporcionar antiderrapância, sendo assim os buraquinhos não aumentam de tamanho, desde que não haja abrasão por produtos químicos ou ação mecânica.

O piso pode vir com variações de tonalidade e dimensões?

Sim. Os pigmentos utilizados pela Solarium, importados e de primeiríssima qualidade, são todos pesados rigorosamente em balança digital, entretanto, outras variáveis da matéria prima utilizada influenciam na tonalidade final do piso, provocando nuances de cores nas placas. Também podem acontecer variações de até 3 milímetros nas dimensões das placas, uma vez que o processo de produção não é industrializado, ou seja, os revestimentos Solarium são feitos peça a peça. Isto confirma a autenticidade de ser um produto 100% artesanal, sendo esta exatamente a proposta do produto.

Qual a vida útil do piso?

Respeitando as condições de assentamento e manutenção, a vida útil do piso deve ser de no mínimo 20 anos. Consultar manual em nosso site para instruções de assentamento e manutenção.

O que é um Revestimento Solarium?

O Revestimento Solarium é uma tendência em revestimentos, sendo um produto sofisticado e atual. Os pisos cimentícios são placas à base de cimento branco estrutural, utilizadas para revestimentos de pisos e paredes. Sua aplicação pode ser feita em área interna e externa. As placas têm ótimo desempenho térmico e absorvem menos calor que as pedras naturais ou pisos cerâmicos, ressaltando-se que cores claras aquecem menos que escuras e que as pedras naturais ou outras cerâmicas. 
As peças são produzidas de forma artesanal, por esse motivo cada peça pode apresentar pequenas variações nas espessuras, textura e na cor. 
Os pigmentos são adicionados nas etapas de fabricação respeitando a norma ASTM C 979 e por isso não há desgaste pelo uso nem desbotamento pelo sol.

Assentamento
Como faço o assentamento em Parede?

Ambiente interno: 
Recomendado o uso da argamassa ACIII e inicio de assentamento de baixo para cima, ou seja, assenta-se a primeira fileira inteira da placa, para depois assentar a placa da fileira superior. É o tempo para a argamassa reagir e dar a aderência necessária à placa na parede. Em certas situações será necessário apoiar (escorar) a placa até a aderência total da argamassa. 
Ambiente externo (fachada):
É acrescido o uso de chumbador metálico para aumentar a resistência de aderência do piso no substrato, devido as forças de vento. O procedimento é o mesmo de mármore, devendo ser colocado 4 chumbadores por m². O chumbador é colado no tardoz do piso e "grampeado" na estrutura do edifício.

Como faço o assentamento da Linha Fast Deck?

Como o produto FAST DECK é fabricado com vergalhões de aço estrutural, permitindo assim o assentamento como piso elevado e vazado. Para que seja bem empregado o produto, obedecendo suas características e propriedades físicas, deve ser apoiado sobre estrutura rígida de concreto. O assentamento é executado com argamassa colante do tipo AC III aplicada sobre a estrutura rígida de concreto. O consumo aproximado é de 2,5 à 3,5 kg por m² de piso.

Como faço o Assentamento das linhas Ellos, Praga e Permeare?

Jardim (tráfego de pedestres):
Pode ser assentado em contrapiso de concreto ou sobre um colchão drenante. Para o caso de contrapiso de concreto deve-se seguir o Manual de Assentamento Solarium disponível no nosso site.
Assentamento em colchão de areia:
Preparo do subleito: o local escolhido deve conter um solo não expansivo, ou seja, que não inche na presença d’água. Esta propriedade é fundamental para a estabilidade da camada. A compactação deve ser realizada em camadas de espessura entre 10cm e 15cm, devendo finalizar a compactação da primeira camada para iniciar a segunda.
Sub-base: 
Deverão ser utilizados materiais granulares como bica corrida, brita graduada, etc. É fundamental que o material tenha uma boa diversidade granulométrica, e livre de sujeira. Assim o material conseguirá uma boa compactação e estabilidade para receber o piso.
Assentamento:
O piso será colocado sobre a sub-base e golpeado com marreta de borracha. Não se recomenda o rejunte para estas situações.
Confinamento: 
Caso o local tenha irregularidade topográfica, com variação de inclinação e nível, o piso deve ser confinado nas laterais. Recomenda-se o uso de uma viga baldrame de concreto ou madeira. 
Estacionamento (tráfego de veículos) 
Obrigatoriamente o piso deve ser assentado sobre contrapiso ou laje de concreto. Para esses casos devem-se seguir os procedimentos do Manual de Assentamento Solarium disponível no nosso site.

Como deve ser feita a colagem do Solarium?

Como norma técnica para construção todo e qualquer piso e revestimento com peças acima de 900 cm² (30cm x 30cm) deve ser utilizada a dupla colagem (aplicar argamassa no verso das peças e no contra-piso) com cordões em sentidos trançados. Aplicar a Argamassa Colante Solarium indicada na peça e no contrapiso em sentidos opostos (dupla colagem). 
Aplique o piso Solarium sobre os cordões. Pressione com os dedos, com movimentos vibratórios (pressionar em movimentos de vai e vem) e bata no piso levemente com o martelo de borracha branco protegido com fita crepe, de forma a amassar os cordões e obter contato de todo o verso do piso com a argamassa. Após a argamassa aplicada sobre o contrapiso, o piso dever ser assentado o mais breve possível. Para a linha Slim o piso Solarium deverá ser assentado somente com os movimentos vibratórios. O uso de martelo de borracha pode provocar a fissura do piso. Depois de aplicada a argamassa o piso deve ser assentado em até 5 minutos, caso contrário a argamassa deve ser removida, pois a argamassa perderá aderência ideal.

Qual a argamassa devo usar para o assentamento?

A Solarium possui uma linha de argamassas e rejuntes ideais para suas linhas de revestimentos de piso e parede. Para as linhas Classic e Gres recomenda-se o uso da Argamassa ACII, para as demais linhas somente a Argamassa AC III.

Posso impermeabilizar a superfície antes de assentar?

Para as peças não resinadas de fábrica recomendamos a impermeabilização após o assentamento, visto que o impermeabilizante poderá escorrer pelas laterais do revestimento dificultando o processo de rejuntamento A Solarium oferece o serviço de entregar seu revestimento já impermeabilizado com custo diferenciado.

Qual o consumo da argamassa para assentamento?

O consumo de argamassa está entre 10 a 12 kg por m² de piso.

Posso transitar no local após o assentamento?

Até 72 horas após o assentamento, o piso não poderá ser transitado para que a argamassa utilizada cure conforme NRB 13754/1996. Este procedimento evita descolamento e/ou fissura de placas. Providenciar o enlonamento do Solarium já assentado para evitar sujeiras durante o dia, ao final do dia retirar a lona para que a umidade não fique retida na lona. (repetir o procedimento durante a execução da obra).

Deve-se proteger o Solarium durante a obra?

Sim, enquanto tiver obra e trânsito de profissionais, é imprescindível estar com o material protegido com lona ou plástico bolha. No período em que a obra tem uma pausa, durante a noite, o piso deve ser descoberto para que o mesmo respire evitando manchas.

Preciso limpar a peça antes de assentar?

Sim. Antes de aplicar argamassa no tardoz (parte de trás da peça), limpar o mesmo com uma escova de cerdas macias e umedecidas.

Preciso molhar as peças antes de assentar? O quanto devo molhar?

Sim, é preciso molhar as peças; molhar, mas não encharcar. Deve-se umedecê-las com pano úmido no tardoz (parte de trás da peça que vai assentada).

Qual é o processo para assentamento e rejuntamento?

Faça download de nosso folder explicativo sobre assentamento para acompanhar o passo a passo das duas etapas.

Precisa contra-piso?

Sim. O contra-piso confere uma durabilidade maior ao piso, além de um correto assentamento. O contrapiso deve estar com cura superior à 14 dias (conforme NBR 13753) bem nivelado e limpo. No ato do assentamento o piso deve estar úmido. No assentamento das peças das linhas Ellos, Praga e Permeare, no caso de plantio de grama, podem ser colocadas sobre o terreno plano e bem compactadas.

A Solarium requer cuidados antes de assentar?

O produto é sensível a manchas antes da proteção (Impermeabilização). Portanto os produtos necessitam de cuidados no transporte e no manuseio.
IMPORTANTE: consultar manual de Instruções enviado junto com a nota fiscal.

Compra
A Solarium vende peças impermeabilizadas?

A Solarium não vende as peças impermeabilizadas, porém é a pioneira em entregar os revestimentos resinados de fábrica, tendo a opção em Resina Acrílica ou de Poliuretano. Esse serviço não isenta a proteção dos revestimentos assentados durante a execução da obra.

A Solarium vende peças retificadas?

Não, a Solarium não vende as peças retificadas. Sugerimos o uso de placas Slim, cuja espessura de 1cm permite juntas mínimas.

Há possibilidade de fazer uma cor especial?

Caso não exista urgência, sob consulta e dependendo da quantidade, a Solarium estuda a possibilidade de desenvolver nova cor.

Qual o prazo médio de entrega?

Muito variável, depende de cor, quantidade e ocasião da compra. Como mera referência, podemos dizer que o prazo é em torno de 15 dias.

A Solarium faz paginação?

A Solarium possui um departamento que ajuda os lojistas em algumas paginações mais específicas.

Se sobrarem peças, a fábrica aceita de volta?

Não é possível, pois as peças são feitas sob encomenda impossibilitando-nos de comercializá-las novamente. (solicitado através do lojista).

Posso comprar diretamente da fábrica?

Não. Lembramos que a tabela de preços comercializada nos diversos lojistas do Brasil é a mesma.

Linhas, usos e aplicações
A Linha Basic pode ser utilizada em deck de piscina?

Não. Ela não é antiderrapante. Recomendamos para áreas molhadas as linhas: Classic, Gres, Carrara, Rock e Elegance.

As peças da Linha Basic são totalmente lisas?

A textura é lisa ocorrendo esporadicamente à incidência de pequenos furos, não representando isso nenhuma patologia. Pode ocorrer a abertura de pequenos furos causados pelo desgaste ou por abrasão no piso.

Dentro da Linha Classic posso escolher um lote com mais ou menos furos?

Não. A Solarium possui um método produtivo que impossibilita esta solicitação.

Pode-se colocar em saunas e banheiros?

Sim. Apenas recomendamos que o material seja resinado após o assentamento.

Manutenção
Qual é o processo para aplicação de produtos By Sol?

Além do manual de Aplicação que acompanha a Nota Fiscal de entrega, o nosso folder explicativo pode ser encontrado em nosso site.

Se o piso for impermeabilizado, esquentará e escorregará?

Não se forem aplicados impermeabilizantes hidroóleofugantes da linha Solarium By Sol.

O piso impermeabilizado escorrega?

Não. O By Sol Impermeabilizante não forma película e por isso não deixa o piso escorregadio. Quando o material utilizado na impermeabilização for à base de resina, o coeficiente de atrito do piso tende a diminuir.

A impermeabilização altera a característica do Solarium?

Não, o By Sol Impermeabilizante é hidroóleofugante e não forma película. Ele penetra nos poros do material sem alterar as suas características.

A urina de animais pode manchar o piso?

Sim. Pois a urina é ácida e o piso cimentício possui uma absorção característica do material, dessa forma tende a “absorver” a coloração da urina. Recomenda-se limpar o mais breve possível.

A madeira pode manchar o piso?

Sim. Pois a madeira é um corante natural e o piso cimentício possui uma absorção característica do material, dessa forma tende à “absorver” a coloração da madeira.

O piso risca?

Risca quando sofre agressão de qualquer objeto pontiagudo com pressão (andaimes de ferro, cadeiras de jardim). Mas riscos de sapatos podem ser removidos utilizando o detergente By Sol Limpeza Diária.

A cola da fita crepe utilizada para rejuntamento mancha?

Sim, caso seja deixada a fita colada sobre o revestimento por mais de 30 minutos. O recomendável é retirá-la logo após a aplicação do rejunte.

Qual o produto é indicado para limpeza pós-obra do Solarium?

Recomenda-se o uso do Detergente By Sol Limpeza Pesada, com exceção dos revestimentos resinados de fábrica.

Deve-se proteger o Solarium durante a obra, mesmo estando impermeabilizado?

Sim, enquanto tiver obra e trânsito de profissionais, é imprescindível estar com o material protegido com lona ou plástico bolha. No período em que a obra tem uma pausa, durante a noite, o piso deve ser descoberto para que o mesmo respire evitando manchas.

Sujeira de barro sai?

Se estiver resinado sai utilizando o detergente By Sol Limpeza Pesada. Sempre que utilizar a detergente Limpeza Pesada recomenda-se a reaplicação de Cera ou Resina.

O pneu do carro marca o piso?
Sim, mas se o material estiver resinado, é fácil remover.
Não entra sujeira nos buraquinhos?
Entra, mas é facilmente removido com By Sol Limpeza Diária se a superfície estiver protegida com By Sol Cera. Em áreas internas pode ser utilizado um aspirador de pó e em áreas externas pode ser utilizado a “wap” ( lavadora a jato) em modo LEQUE (jato mais espalhado) sem encostar o bico no piso.
Solarium cria limo/lodo?

Não. O limo é um fungo que se depositará no Solarium caso a manutenção com os produtos By Sol Limpeza Diária e By Sol Cera não seja executada.

O Solarium suja? Encarde?

Como todos os outros revestimentos ele suja, mas não encarde quando seguida orientação de proteção e manutenção. Consulte em nosso site o Manual By Sol de proteção e manutenção dos revestimentos.

Solarium deve ser protegido?

Deve. A Solarium oferece dois tipos de proteção, Impermeabilizante (Hidrooleofugente) ou com resinas, do tipo Acrílica ou Poliuretano (PU) da marca By Sol. Consulte em nosso site o Manual By Sol de proteção e manutenção dos revestimentos.

Qual o prazo de reaplicação da Resina?

A reaplicação da Resina Acrílica deve ocorrer entre seis meses e um ano, dependendo do uso. Para maior durabilidade pode ser aplicada a cera sobre o piso resinado.
A reaplicação da Resina Poliuretano é uma proteção mais intensa e dependendo do uso do revestimento torna-se uma proteção definitiva para o piso Solarium. Regiões de tráfego mais intenso a reaplicação ocorre em média a cada dois anos.

A Resina muda a cor do piso?

A Resina forma uma proteção que intensifica a tonalidade do piso.Quando aplicada sem o uso do selador acrílico altera de forma intensa a tonalidade original.

O que é o processo de Resinamento?

As resinas da linha By Sol, a acrílica e de poliuretano, formam uma película sobre o piso que facilitam demasiadamente a manutenção, não craquelam e nem amarelecem com o tempo, porém esta película altera as características originais do piso, ou seja, a antiderrapância e a atermicidade.
Recomendamos que a aplicação da resina da linha by sol ocorra por profissionais qualificados.

Mesmo após a aplicação de Impermeabilização e aplicação de Cera é preciso fazer a manutenção?

Sim, é preciso efetuar a limpeza com detergente By Sol Limpeza Diária a qual se faz necessária sempre que o Solarium apresentar sujeiras.

A Cera altera a cor das placas?

A Cera forma uma pequena película protetora o que intensifica levemente a cor, mantém o revestimento protegido e aumenta a resistência a riscos e gorduras.

Em que casos uso a cera?

A Cera By Sol é utilizada para finalizar a impermeabilização de áreas internas ou externas. A cera é um protetor adicional ao revestimento contra sujeiras do dia-a-dia, deixa um leve brilho e não deixa o piso escorregadio. Após 1h da aplicação do By Sol Impermeabilizante, aplicar o By Sol Cera. A Cera By Sol pode ser aplicada também em pisos resinados para garantir maior durabilidade e uma manutenção mais facilitada.

O By Sol impermeabilizante evita manchas?

By Sol Impermeabilizante protege por períodos e facilita a manutenção, mas não evita manchas.

Por que preciso impermeabilizar (Hidroóleofugante) as peças?

Utilizar o By Sol Impermeabilizante + By Sol Cera ajuda a proteger e facilitar a limpeza das peças em áreas internas e externas. O impermeabilizante reduz a absorção de água e óleo, não forma película e nem altera as características da peça. Após a impermeabilização, em caso de continuação de obra é imprescindível proteger o material, até sua finalização. Após o término da impermeabilização, deve-se fazer a aplicação de By Sol Cera em áreas internas e externas.

Qual é a freqüência da aplicação de cera no Solarium?

- Para áreas residenciais: Alto tráfego: reaplicar 1 vez a cada 20 dias. Médio e baixo tráfego: reaplicar 1 vez a cada 60 dias.
- Para áreas comerciais: Alto tráfego: reaplicar 1 vez a cada 10 dias. Médio tráfego: reaplicar 1 vez a cada 20 dias. Baixo tráfego: reaplicar 1 vez a cada 40 dias.

Como é feita a manutenção do Solarium?

Deve ser usado o detergente By Sol Limpeza Diária e By Sol Cera.
OBS.: Em áreas externas utilizar “wap”( lavadora a jato) em modo LEQUE (jato mais espalhado, mínima intensidade) sem encostar o bico no piso.

Existem diferentes tipos de manutenção?

Como qualquer piso, durante toda sua existência o pavimento deve ser submetido a contínuas operações de limpeza, as quais desempenham um papel importante no que se refere à duração e aspecto do Solarium. Estas operações em geral podem ser subdivididas em:
1 - Limpeza Pós Obra 
Trata-se da limpeza geral realizada quando terminada a obra, tendo por finalidade remover da superfície do Solarium todos os resíduos de substâncias tais como rejunte, cimento e sujeiras da obra aderidas à superfície durante o assentamento do revestimento. 
2 - Limpeza Rotineira 
Deve ser realizada em intervalos de poucos dias conforme o tráfego, utilizando apenas água, By Sol Limpeza Diária ou detergente neutro. Sua freqüência será determinada conforme o uso, a textura e a cor do produto.NÃO USAR PRODUTOS ÁCIDOS.

O que significa MANUTENÇÃO?

Manutenção entende-se como um conjunto de operações que servem para restabelecer o efeito estético do produto acabado. Esta manutenção deve ser feita periodicamente, sendo que a freqüência deve ser determinada pelo uso.

Carregamento
Quais os procedimentos para carregamento?
  • Os materiais podem ou não ser paletizados, dependendo da unidade  Solarium de fabricação..
  • A Transportadora é responsável pelo pessoal de carregamento.
  • O caminhão deve ser forrado com plástico;
  • Não carregar ou descarregar sob chuva.
  • O transportador deve estar com as mãos isentas de óleo, barro, graxa e outros reagentes corantes;
  • As lajotas devem ser transportadas de pé (posição vertical);
  • As lajotas devem estar posicionadas em face de acabamento com face de acabamento e tardoz com tardoz( parte de trás da peça).
  • As peças com bordas devem ser encaixadas, mantendo tardoz com tardoz;
  • Não colocar outra carga sobre os produtos já carregados;
  • Colocar sacaria plástica entre as fileiras evitando contato entre elas;
  • Amarrar as fileiras duas a duas;
  • Preencher o termo de retorno anexo à nota fiscal; eventuais  avarias devem ser registradas no Conhecimento de Frete;
Rejuntamento
Qual o rendimento do Rejunte?

Considerando o formato 100x100x2,4 cm com junta de 5 mm o consumo médio é de 0,500kg/m2.

Posso deixar a fita crepe utilizada para rejuntamento durante a secagem?

Não, a fita deve ser retirada após a aplicação do rejunte para evitar manchar com a cola.

Qual o tempo devo esperar para rejuntar?

A aplicação de rejunte deve ser realizada após um mínimo de 72 horas após o assentamento.

Qual espaço devo deixar para rejuntamento?

Deixar uma distância mínima de 4mm para junta. No momento da aplicação do rejunte Solarium, as juntas devem estar constantemente sendo molhadas (evite o sol forte neste momento).

Posso rejuntar com a mesma massa de assentamento?

A durabilidade da massa de assentamento usada como rejunte é menor que a dos rejuntamentos oferecidos pela linha Solarium.

Tem o rejunte na cor da peça?

Sim. A Solarium oferece rejuntes com a mesma cor do(s) produto(s) escolhido(s).

Qual o rejunte que eu uso?

Marca Solarium, encontrado nos representantes Solarium. O rejunte deve ser aplicado somente nas juntas, utilizando fita crepe para proteção da superfície do piso.

Armazenamento
Quais os procedimentos para armazenamento?

• Conferir a mercadoria no ato do recebimento;
• Preencher o termo de retorno anexo à nota fiscal (caso haja avaria deve ser registrada nesse termo);
• Nunca remover a lona da carga e descarregar sob chuva;
• Os ajudantes devem estar com as mãos isentas de óleo, barro, graxa e outros reagentes corantes. Não apoiar o joelho nas peças;
• As lajotas devem ser armazenadas na vertical, face com face (colorido) e tardoz com tardoz (verso);
• Nunca colocar as lajotas diretamente no chão ou barro; colocar em suporte elevado evitando o contato com o chão;
• Forrar sempre o contrapiso com plástico;
• O local de armazenagem deve ser abrigado contra chuva e poeira. Não jogar água sobre a pilha armazenada;
• Armazenar as peças face a face sem embalagem entre as peças;
• O armazenamento em obra não pode ser superior a 30 dias.

Quando recebo os materiais devo retirar o isopor entre as peças?

Sim, O ISOPOR OU EVA DEVE SER RETIRADO. Não é recomendado armazenar o produto com o isopor, pois como as peças emitem gases, podem manchar o isopor e consequentemente as peças. Portanto retirar o isopor assim que as peças forem descarregadas na obra.

Posso armazenar na posição horizontal?
Não, as peças devem estar na vertical, com a face colorida de frente uma para outra. O material deve ser colocado em área limpa, de preferência coberta (Cobrir as peças com plástico), e o chão previamente forrado com plástico (não usar papelão).
Transporte
Transporte

• Os materiais podem ou não ser paletizados;
• A transportadora é responsável pelo pessoal de carregamento;
• Não movimentar ou descarregar a carga sob chuva;
• O caminhão deve ser forrado com plástico;
• O transportador deve estar com as mãos isentas de óleo, barro, graxa e outros reagentes corantes. Não apoiar o joelho nas peças;
• As lajotas devem ser transportadas de pé (posição vertical);
• As lajotas devem estar posicionadas em face de acabamento com face de acabamento, e tardoz com tardoz;
• As peças com bordas devem ser encaixadas mantendo tardoz com tardoz;
• Não colocar outra carga sobre os produtos já carregados;
• Colocar sacaria plástica entre as fileiras evitando contato entre elas;
• Amarrar as fileiras duas a duas;
• Preencher o termo de retorno anexo à nota fiscal (toda a avaria deve ser registrada no conhecimento do transporte).

Informação Técnica

Assentamento Solarium

  • Solarium® deve ser o último material a ser assentado em toda a obra;
  • Para melhor aproveitamento da beleza e exclusividade do seu Solarium®, é importante que o colocador seja um assentador de pisos experiente;
  • O contrapiso deve estar com cura superior a 14 dias (NBR 13754/1996 da ABNT), bem nivelado e limpo, não contendo resíduos de pó ou sujeira e deve ser umedecido antes da aplicação da argamassa;
  • A Solarium® segue a prática de engenharia que recomenda para materiais sujeitos a absorção (como mármores, granitos, porcelanatos e pisos cimentícios) o uso de argamassa branca para peças de cor clara para melhor acabamento do produto final;
  • As peças Solarium® devem ser assentadas com argamassa tipo ACIII BY SOL ou similar de mesma qualidade. Consumo de argamassa recomendado: entre 10 a 12kg por m 2;
  • Antes de aplicar argamassa no tardoz (verso) da peça, limpar a superfície com escova de cerdas macias e umedecidas;
  • A argamassa deve ser aplicada na peça e no contrapiso em sentidos opostos e perpendiculares (dupla colagem – conforme NBR 13754/1996). É importante garantir que não fiquem espaços sem argamassa sob as peças;
  • Após assentadas as peças, pressionar com os dedos com movimentos vibratórios e bater levemente com o martelo de borracha branco, ou envolto de fita crepe.

 

DICA DE INSTALAÇÃO:

Para o melhor resultado no seu revestimento mantenha o ambiente onde o mesmo for aplicado sempre limpo!

 

IMPORTANTE:

Na Linha SLIM o martelo de borracha jamais deve ser utilizado, apenas pressionar delicadamente com os dedos fazendo movimento vibratório.
Não deve haver trânsito sobre o piso por até 3 (três) dias após o assentamento para que a argamassa cure completamente, evitando deslocamentos e fissuras de placas.
Se for indispensável transitar em obra antes de 3 dias, deve ser utilizada argamassa colante do tipo secagem rápida.
Para recortes nas placas, utilizar serra elétrica manual com disco de diamante ventilado (corte a seco ou úmido). A sujeira do corte deve ser removida imediatamente.

Na linha LEGNO, as peças cortadas jamais poderão ficar com os vergalhões expostos às intempéries, apesar de os mesmos passarem por processo de galvanização à quente conforme NBR 6323.
Durante o dia providenciar o enlonamento do Solarium® já assentado para evitar sujeiras próprias a execução da obra. No final do dia a lona deve ser retirada para que a umidade não fique retida. Não utilizar fita crepe para fixação da lona (pode manchar/danificar a peça).
Quando a instalação se der em jardins ou áreas adjacentes, colocar a terra e compactá-la antes do assentamento para evitar sujidades nas peças Solarium®.

 

LINHA ELLOS, PERMEARE, PRAGA

JARDIM
Estas linhas podem ser assentadas em contrapiso de concreto ou sobre colchão de areia.

JARDIM (TRÁFEGO DE PEDESTRES): Estas linhas podem ser assentadas em contrapiso de concreto ou sobre colchão de areia. Para o caso de contrapiso de concreto devem-se seguir os procedimentos de Assentamento Solarium® descritos no item 3.1.

ASSENTAMENTO EM COLCHÃO DE AREIA: Preparo do subleito: o local escolhido deve tratar-se de solo não expansivo, ou seja, que não “inche” na presença d’água. Esta propriedade é fundamental para a estabilidade da camada. A compactação deve ser realizada em camadas de espessura entre 10cm e 15cm, devendo ser finalizada a compactação da primeira camada antes de iniciar-se a segunda.

SUB-BASE: Deverão ser utilizados materiais granulares como brita corrida, brita granulada, etc. É fundamental que o material tenha uma boa diversidade granulométrica, e livre de sujeira. Assim o material conseguirá uma boa compactação e estabilidade para receber o piso.

ASSENTAMENTO: O piso será colocado sobre a sub-base e golpeado com marreta de borracha. Não é recomendado o rejunte para estas situações.

CONFINAMENTO: Caso o local tenha irregularidade topográfica, com variação de inclinação e nível, o piso deve ser confinado nas laterais. Recomenda-se o uso de uma viga baldrame de concreto ou madeira.

 

ESTACIONAMENTO COM TRÁFEGO DE VEÍCULOS
Estacionamento (tráfego de veículos).
Obrigatoriamente o piso deve ser assentado sobre contrapiso ou laje de concreto. Para esses casos devem-se seguir os procedimentos de Assentamento Solarium® já descritos no item 3.1.

 

LINHA DRENAGGIO

  • O assentamento do piso DRENAGGIO não necessita de argamassa e deve ser realizado sobre camadas drenantes preparadas de forma a possibilitar o escoamento de água proveniente da permeabilidade do piso. A contenção lateral deve ser realizada com antecedência, possibilitando o travamento do piso assentado;
  • Uniformizar o solo existente viabilizando os caimentos necessários: sugestão entre 0% e 5%;
  • Prever contenção lateral para possibilitar o travamento do piso assentado;
  • Cobrir toda a área do piso a ser revestida com manta Geo-Têxtil drenante tipo manta Bidim RT-10 (se necessário);
  • Preparar camada de brita n°3;
  • Colocar uma camada de pedrisco sobre a brita e compactar;
  • Aplicar 4 a 5cm de pó de pedra sobre a manta e nivelar usando um sarrafo;
  • Aplicar o piso DRENAGGIO sobre o pó de pedra certificando-se que a peça esteja totalmente apoiada e nivelada;
  • As placas DRENAGGIO devem ser assentadas com auxílio de linhas de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento;
  • Utilizar o martelo de borracha para o travamento das pedras;
  • Se houver necessidade de recorte do piso usar máquina de corte tipo Makita;
  • Liberação ao tráfego de pessoas e veículos: Imediata;
  • Sugestão de preparação de base para Assentamento de piso DRENAGGIO:

Para mais informações sobre instalação de pisos drenantes sugerimos consultar Manual (www.abcp.org.br) “MELHORES PRÁTICAS – PAVIMENTO INTERTRAVADO PERMEÁVEL – da Associação Brasileira de Cimento Portland;

 

RECOMENDAÇÃO DE USO

(Conforme ABNT NBR 16416 - Pavimentos permeáveis de concreto - Requisitos e procedimentos).
DRENAGGIO de 5cm de espessura – Destinado a tráfego de pedestres e ciclovia.
DRENAGGIO de 8cm de espessura – Destinado a tráfego leve* de veículos.
*Trânsito leve: solicitação do pavimento ao tráfego preferencial de veículos leves, como ciclomotor, motoneta, motocicleta, triciclo, quadriciclo, automóvel, utilitário, caminhonete e camioneta, podendo existir ocasionalmente o tráfego de ônibus e caminhões em número não superior a um VDM (no de veículos diário médio) de 20.

 

PAREDES

AMBIENTE INTERNO:

  • O substrato (reboco/concreto) deve ter cura de no mínimo 14 dias, o ambiente deve estar limpo, sem resíduos de pó ou sujeira;
  • É recomendado o uso de argamassa tipo ACIII Secagem Rápida;
  • A argamassa deve ser aplicada na peça e na parede em sentidos opostos e perpendiculares (dupla colagem conforme NBR 13754/1996). É importante garantir que não fiquem espaços sem argamassa sob as peças;
  • Iniciar o assentamento de baixo para cima;
  • Em algumas situações poderá ser necessário apoiar (escorar) a placa até a aderência total da argamassa;
  • Evitar sobrecarga;

OBS: Na instalação dos revestimentos MURALE e MURALE LINEA, as peças devem ser contrafiadas no assentamento, desencontrando as juntas para garantir o efeito natural do revestimento.

AMBIENTE EXTERNO:
Fachada com altura acima de 06 metros: Devido a criticidade de instalação (logística de obra, colocação, efeito de ventos, intempéries, etc.), sugere-se aconselhamento com fabricante da argamassa e eventual uso de chumbadores.

 

LINHA SYNAPSIS

Textura composta de 03 modelos de peças: A , B e C que podem ser combinadas livremente ou seguir paginações sugeridas pela fábrica. Neste caso será fornecida com a paginação escolhida anexada a Nota Fiscal.
O assentamento das peças deve seguir os mesmos procedimentos já discriminados para paredes.

 

LINHA COBOGÓS

  • Utilizar gesso diluído em água nas junções entre as peças para alinhamento prévio das peças em todas as fiadas. O gesso proporcionará uma aderência mais rápida que argamassa.
  • Assentar as fiadas com Argamassa Colante tipo AC III branca Rendimento = 5 Kg/m 2
  • Verificar o prumo a cada fiada.
  • Travamento Horizontal: a cada 03 fiadas utilizar vergalhão de bitola
    6,3mm( ”) com ponto de apoio fixo em alvenaria.
  • Travamento Vertical: a cada 03 fiadas utilizar vergalhão de bitola 6,3mm( ”) na vertical.

COBOGÓS SOLARIUM: podem ser tratados com Resina Acrílica de fábrica, com Hidrofugante Parede ou podem ser pintados com tinta Acrílica ou similar.